O Futuro da Mídia

    Por

    09 | Mar | 11

    Vez ou outra me perguntam se a mídia impressa vai acabar. Jornais, revistas, impressos, livros, etc. Definitivamente acredito que não, a forma, as texturas, o cheiro do impresso nos atraem.

    Acho que existe um caráter lúdico no papel que vai além do conteúdo contido nele. Entretanto as mídias impressas devem se re-inventar, devem se integrar ao mundo digital de forma plena. O impresso precisa de escala, de quantidade que justifique tanto investimento em maquinário e em pessoal.

    Para permanecerem vivos, jornais e revistas, devem mudar sua maneira de gerar conteúdo, devem ser mais analíticos, mais profundos, devem revelar algo que a internet ainda não tenha nos dito. Também devem servir de portal para as outras mídias, verdadeiras portas de entrada para outras salas e compartimentos.

    Um anúncio de carro deve trazer um código que acionado pelo celular mostrará o vídeo do veículo, um folder deve provocar a ida ao computador ou conter uma chave para promoções e interações, enfim existe um mundo de possibilidades. A mídia do futuro será integrada, cruzada e bidirecional.

    * * * * ½ 6 votos.


Comentários (2)

  • Rafael Martins says:

    “Um anúncio de carro deve trazer um código que acionado pelo celular mostrará o vídeo do veículo”

    Essa idéia é muito boa. Já vi coisas desse tipo em revistas de jogos a uns 8 anos atraz, mas na época internet era artigo de luxo no País. Acredito que com o advento dos smartphones deveriam voltar a usar isso, mas de forma melhorada e mais acessível.

  • Elias Hissa says:

    É fazer com que a mídia cruze dados e ofereça, cada vez mais, conteúdo disponível e adicional aos usuários.

  • Comentário










    * Campos obrigatórios

    << voltar à página inicial

    • 85 3402.3898


    • Rua Vicente Leite, 725 60170150 Meireles Fortaleza

    © 2011    Being    todos os direitos reservados