Mudanças no EdgeRank do Facebook: e agora?

    Por

    13 | Dec | 12

    Quem gerencia a presença de alguma marca no Facebook já deve ter percebido que o alcance das postagens está diminuindo, mesmo que o número de fãs continue aumentando. A razão para isso é a recente mudança que o Facebook está realizando no EdgeRank, o algoritmo da rede social que é responsável pelos conteúdos que aparecem na timeline dos usuários. Mas, por que essas mudanças? Como adaptar as estratégias de marketing para alcançar ainda mais usuários e expandir a presença da marca?

    As mudanças no alcance das publicações começaram a ser percebidas após o Facebook anunciar a ferramenta de post patrocinado. Com essa nova funcionalidade, os gestores de conteúdo digital podem pagar para que determinadas postagens apareçam no feed de notícias dos seguidores e dos não seguidores da página. Com isso, o EdgeRank passa a ter ainda mais importância!

    Então, como melhorar o EdgeRank da minha página? Segundo os próprios engenheiros do Facebook, os cálculos do EdgeRank são feitos para que o usuário não se sobrecarregue de informações. Por isso, alguns fatores são decisivos para que a postagem apareça, ou não, na timeline do seguidor da página. Os gestores precisam entender quais são esses fatores e otimizar os conteúdos publicados. São eles:

     

    1. Afinidade

    Quanto mais o usuário interagir com a sua página, seja curtindo as publicações, compartilhando ou comentando, melhor para o EdgeRank. Assim, suas postagens passam a aparecer com mais frequência na timeline do usuário que tenha esse compartamento.

     

    2. Relevância

    Todos os conteúdos publicados pela página devem ser relevantes para os fãs. Assim, quando a página divulga algum link, compartilha alguma foto ou vídeo, ou emite algum tipo de opinião, são esperados likes e comentários sobre a postagem. Quanto maior for o feedback dos fãs em relação aos conteúdos da página, maior será o alcance!

     

    3. Tempo

    Esse é o fator mais natural. Nenhum usuário gosta de ver conteúdo antigo em seu feed de notícias. Portanto, aqui entra a regra de ouro: mantenha a sua página sempre atualizada e com bons conteúdos!

     

     

    O que o Facebook pretende com isso? Através dessa estratégia, o Facebook acredita que as reclamações dos usuários sobre a grande quantidade de conteúdo institucional de marcas em suas timelines diminua. Outra vantagem desse novo modelo, de acordo com os executivos do Facebook, é que as páginas menores vão ter mais possibilidades de expandir seus conteúdos na rede e atingir mais fãs, basta patrociná-los.

    Com tudo isso, percebe-se que gerenciar a presença de uma marca no Facebook é um trabalho que exige muita competência e paciência por parte dos gestores. Competência para postar conteúdos que sejam relevantes para os usuários e que estejam de acordo com o posicionamento da empresa. Paciência porque engajamento não é algo que se consegue da noite para o dia. É preciso estudar as interações com as postagens e definir quais são os tipos de conteúdo que geram mais resultado e aprimorá-los sempre!

    Com conteúdo relevante e uma verba para patrociná-lo, sua marca conseguirá ter um ótimo alcance no Facebook e ter um relacionamento muito mais próximo com clientes e outros em potencial. Trabalhe bem a sua página e boa sorte!

    * * * * * 3 votos.


Comentário










* Campos obrigatórios

<< voltar à página inicial

  • 85 3402.3898


  • Rua Vicente Leite, 725 60170150 Meireles Fortaleza

© 2011    Being    todos os direitos reservados