Dicas para criação de conteúdo digital

    Por

    17 | Nov | 11

    Gerar um conteúdo de qualidade é um desafio diário que pode ser amenizado se o profissional de conteúdo seguir alguma metodologia básica. Não existe receita de bolo, mas com um pouco disciplina, organização e senso crítico, você pode começar a obter bons resultados. Antes de partir para a prática, vamos refletir sobre alguns pontos.

    Para o Gestor de Conteúdo criar um post, atualizações de redes sociais, roteiro ou outra peça, é necessário e vital ter um planejamento. A criação começa aí. Na definição das diretrizes, motes, linhas de interesse e desdobramento dos temas. É preciso discernimento para saber até onde podemos ir, para nem só ficar bitolando em uma pauta, nem fugir muito do campo.


    Toda marca tem o seu tema próprio, geralmente relacionado ao seu produto ou serviço. Além dele, podemos escolher e trabalhar outros relacionados. Se você gerencia o conteúdo digital, por exemplo, de uma marca de calçados femininos, inevitavelmente, vai falar sobre calçados e da própria marca, claro. Mas não só disso! E é nesse momento que entra a parte de curadoria de conteúdo. Uma espécie de seleção dos temas que se relacionam com a marca, produto ou serviço.

    Produtos e serviços têm suas finalidades maiores. E isso gera pauta. No caso dos calçados femininos, “proteger os pés” atende as necessidades primárias da pessoa. Mas quem compra um sapato, e chega a pagar caro por eles, não quer só isso. Provavelmente, a pessoa se identifica com a marca, com o conceito da campanha publicitária etc (Olha mais pauta chegando!). Mas, para não falar só da marca, campanha e do produto, o que podemos fazer?

    Conhecer o público-alvo. Essa tarefa também é essencial na criação de conteúdo. A partir dele, podemos refletir sobre seu estilo de vida, costumes, cultura e preferências de uma forma bem ampla e criar conteúdos que gerem simpatia. Consultar e gerar pesquisas ou frequentar eventos são atitudes legais que ajudam nessa tarefa de identificação e adequação de pauta.

    Para manter o interesse dos leitores, é necessário variar os temas, muitas vezes solicitando a contribuição dos participantes das redes para a construção do conteúdo. Quando não há muita margem para isso, podemos nos utilizar de algumas ferramentas.

    Google alertas
    Serviço gratuito do Google que divulga diariamente no seu Gmail notícias com as palavras que você cadastrou.

    Google Reader
    Acompanhe as notícias dos sites, portais e blogs que você julga mais relevantes no seu leitor.

    Listas no Twitter
    Você pode criar e segmentar as listas de perfis interessantes e dar uma olhadinha nas atualizações mais recentes.

    Agregadores de Conteúdo
    Você se cadastra, seleciona as áreas de interesse e recebe notícias filtradas pela rede de acorda com as fontes pesquisadas pelo agregador.

    Assinar perfis no Facebook
    O Facebook recentemente adicionou essa nova funcionalidade à rede. Se acha que algumas pessoas compartilham conteúdos interessantes, mas não é amiga delas para receber as notícias em seu Feed, tente fazer a assinatura das atualizações.

    Essas dicas servem para nortear a criação ou adequação de temas já preestabelecidos pelo gestor de conteúdo. Lembre-se que, ao encontrar uma matéria-notícia-post interessante, sempre cheque as fontes. Se for algo que aconteceu em outro país, tente ver a notícia publicada nas mídias locais para trazer mais detalhes, enriquecer seu texto e trazer informações relevantes.

    Crédito: Google Imagens

    * * * * * 4 votos.


Comentário










* Campos obrigatórios

<< voltar à página inicial

  • 85 3402.3898


  • Rua Vicente Leite, 725 60170150 Meireles Fortaleza

© 2011    Being    todos os direitos reservados