Bitcoin: uma nova modalidade de pagamento digital

    Por

    11 | Aug | 11

    Recentemente, foi lançada uma nova forma de pagamento digital, mais conhecida como bitcoin. Embora ainda não tenha sido reconhecida como uma “moeda” legítima por nenhum país, é certo que pode trazer boas experiências para aqueles que desejam fazer pagamentos de forma digital.

    Para a moeda vingar como dispositivo de pagamento, as pessoas dessa rede que usufruem deste serviço precisam comprar e vender. Funciona como se baixava música pela internet há alguns anos: o sistema se baseia em várias pessoas dispostas a comprar e vender entre elas mesmas para o sistema comercial se manter vivo (o emule e o Napster que o digam), utilizando criptografia para estas operações.

    O bitcoin não possui ligação com nenhuma entidade bancária, então esses créditos que poderão ser adquiridos e transformados para realizar compras passam à margem das instituições financeiras. Por não passar pelo modelo atual bancário e por não poder ser rastreado, o bitcoin já sofre várias críticas. Suspeita-se que esse modelo, por não ter um servidor e administração centralizada, possa ser utilizado por contraventores, como para a compra de drogas, armas e outros produtos ilícitos. Isso porque não há o devido registro destas operações, e elas ficam anônimas entre os pares que remetem dinheiro um ao outro.

    Por ainda não ser legítimo, o bitcoin não implica o pagamento de impostos, até porque a maioria das transações de compra e venda deverá ser realizada entre pessoas físicas. E ainda não se sabe quais implicações tributárias poderão incidir neste modelo, caso venha a ser aprovado.

    Mesmo que esse método financeiro possa ser utilizado de forma descentralizada e ainda obscura, é sempre importante ressaltar que surge, no meio digital, mais uma novidade de pagamento e troca digital.

    O modelo de comércio eletrônico iniciou baseado em sites de apenas compras e está avançando para um modelo social commerce, no qual as redes sociais e os relacionamentos são o principal fator. As redes estão transformando e melhorando o sistema de compras entre empresas e consumidores, além de incluírem mais gente no meio digital. A possibilidade de pessoas físicas, entre elas mesmas, fazer compras e transações online de forma rápida, instantânea e segura já é uma realidade. E o Bitcoin mostra que novos modelos para incrementar essas transações estão surgindo de forma mais rápida e interativa.

    Fonte das imagens: Google

    * * * * * 4 votos.


Comentário










* Campos obrigatórios

<< voltar à página inicial

  • 85 3402.3898


  • Rua Vicente Leite, 725 60170150 Meireles Fortaleza

© 2011    Being    todos os direitos reservados