Destaques do terceiro dia de Campus Party #cpbr5

    Por

    09 | Feb | 12

    Mais um dia de Campus Party, mais um dia que a Being acompanhou muita coisa interessante nas palestras que rolam aqui no Parque Anhembi. A chuva deu uma trégua pela manhã e começamos o dia com uma discussão sobre o controle das empresas sobre as mídias sociais. Confira!

    João Ciaco (Diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat Brasil e América Latina), Edmar Bulla (CEO da CROMA Marketing Solutions) e Raphael Vasconcellos (VP Executivo de Criação da Agência Click Isobar) discutiram sobre muitos assuntos dentro do tema central do debate. Destaque para a importância da interação nas redes sociais. Pode parecer mais do que já ouvimos sempre, mas aqui foi posto de outra maneira. "A marca não deve falar sozinha, deve promover espaços para interação, para que as pessoas com interesses comuns se aproximem. Ou então, ela deve pedir permissão para entrar em um diálogo", disse Bulla, participante que mais se destacou na discussão.

    Onde está o digital?

    Outro tópico levantado foi a separação do digital como uma competência do marketing. O digital está em TUDO, em todos os setores da empresa. Ou vai dizer que o setor de RH não usa a internet? E quando procuram o perfil de um candidato a alguma vaga no Facebook ou LinkedIn? E o setor financeiro, também não usa a internet? A maioria das empresas pertence a um modelo clássico de administração e elas seguem uma escola de marketing que não abrangia o digital. E agora não "sabem" onde encaixá-lo. Tarde demais: ele já está integrado na sua empresa. Devemos correr atrás de entendê-lo, nos adequarmos ao meio e criarmos um código de conduta, para sabermos o que podemos fazer ou não fazer, e estarmos preparados para interagir com o consumidor.

    O finalzinho da palestra trouxe uma reflexão sobre o mercado de marketing digital e seus profissionais. Todos concordaram: falta mão de obra qualificada. E não estamos falando aqui de lidarmos com ferramentas. Afinal, muitos desses profissionais são nativos digitais, já cresceram nessa realidade. O conhecimento que eles devem ter é de gestão de mercado, gestão de marca, branding, filosofia, sociologia e semiótica. Por que isso tudo? Porque um profissional de marketing digital completo não precisa saber programar em HTML ou saber programar em Java. Ele precisa entender de GENTE e entender como as pessoas SÃO, porque fazem o que fazem e consomem esse ou aquele produto. Boa reflexão, não?

    O Mundo Móvel

    Outro destaque do dia foi o debate sobre o Mundo Móvel. Como a mobilidade afetou (e ainda afeta) nosso dia a dia? Gustavo Ziller (Aorta), Augusto de Franco (Pesquisador e escritor) e Alexandre Maron (Diretor de Inovação Digital da Editora Globo) nos fizeram pensar não só nas consequências imediatas de possuir um smartphone com internet, mas nas transformações culturais por trás disso.

    Não vamos pensar que o mundo é móvel por causa da tecnologia. A mobilidade é uma transformação social. A tecnologia se adapta às nossas necessidades e vai acompanhando e retroagindo com essa mudança social. A medida que nós ficamos mais móveis, ela também fica.

    Mídia digital ou mídia tradicional?

    No meio da tarde, tivemos uma palestra sobre Mídia Digital versus Mídia Tradicional na internet. Julio Alonso, fundador e diretor geral da Weblogs LS, já foi considerado uma das 25 pessoas mais influentes da internet na Espanha, e compartilhou conosco durante uma horinha seus pensamentos a respeito do tema.

    Vamos analisar o ecossistema das mídias em nosso cenário atual. Não há mais o oligopólio de produção de conteúdo. Muitos "amadores" estão ganhando espaço no ambiente digital e há uma abundância de conteúdos, de qualidade boa ou ruim, com relevância ou não. As mídias tradicioinais estão perdendo espaço na preferência da população em virtude da falta de transparência, parcialidade, carência de fontes, lentidão nas publicações, baixa participação da audiência e publicidades muito intrusivas. E, quando analisamos a fundo, vemos que acontece o total oposto com as mídias digitais. Pra finalizar a palestra, Alonso conversou com a plateia para trocar informações sobre o mercado digital brasileiro e o espanhol. Bem legal!

    E amanhã tem debate sobre Política 2.0, Podcasts e uma oficina de SEO. Depois contamos tudo pra vocês por aqui. Até mais!

    * * * * * 2 votos.


Comentário










* Campos obrigatórios

<< voltar à página inicial

  • 85 3402.3898


  • Rua Vicente Leite, 725 60170150 Meireles Fortaleza

© 2011    Being    todos os direitos reservados